sábado, 22 de janeiro de 2011

"CACIQUE DE RAMOS" COMPLETA 50 ANOS E SAMBAS E GLORIAS

 
Luis Turiba, do Rio de Janeiro - bem pertinho do Morro do Alemão
Foi uma festa que o subúrbio da Leopoldina não vivia há décadas. Quase 10 mil pessoas foram na última quinta-feira, dia 20 de janeiro, a quadra do bloco de carnaval Cacique de Ramos para festejar com um samba a 40 graus, muito chopp e emoções de reencontros,  o cinqüentenário de fundação deste motor sonoro do carnaval carioca.

Um bloco cinqüentão que fez (e faz) história e diferença no Rio de Janeiro. Fundado em 20 de março de 1961 -  portanto a maioria dos jovens presentes a festa não tinha sequer nascido -, na Rua Uranos 1326,  o Cacique desfilava com milhares de foliões vestidos de índios pela Avenida Rio Branco assustando a todos com a sua energia e a força de seus sambas.

Em data tão significativa, os fundadores do bloco, os irmãos Bira e Birani, receberam a nata do samba carioca para um pagode que só terminou na madrugada de sábado. Estavam presentes a eterna madrinha Beth Carvalho que mesmo ainda em cadeira de rodas, se levantou para ser ovacionada pelos seus índios-afilhados; os bambas Zeca Pagodinho, Sombrinha, Arlindo Cruz e toda uma nova geração do samba carioca como a banda Bom Gosto.

Um atrás do outros todos iam relembrando sambas inesquecíveis como "Tamarineira" de Luiz Carlos da Vila; e até outros que tocam em Marte como "O coisinha tão bonitinha do pai", de Jorge Aragão também cria do Cacique.

- O Cacique é uma árvore frondosa do samba brasileiro que deu bons frutos; daí a alegria e a emoção deste grande encontro, disse o compositor  Sombrinha, que fez parte do grupo "Fundo de Quintal" oriundo do bloco.

Sombrinha relembra que na época da fundação do Cacique, "todos não tínhamos mais de 30 anos."

- O Cacique representou uma revolução estética, poética, melódica e rítmica no samba brasileiro. Essa nova escola mudou o paradigma do samba, completa ele.

Um comentário:

vascaíno disse...

EU ME CHAMO LUIS CARLOS E COM PRAZER DESFILO NO CACIQUE DE RAMOS À MUITO TEMPO,SIGO À TRADIÇÃO DE MEUS PAIS,DESDE O TEMPO DA NAPA,POR IRONIA SOU NASCIDO EM 29/11/1960,EU SOU CACIQUE SOU GUERREIRO E QUE DEUS E TODOS OS ORIXÁS NOS PROTEJA,ASSIM SEJA.