quarta-feira, 22 de julho de 2009

FAUSTÃO LANÇA DI RIBEIRO, A VOZ DO SAMBA


Sambista na cor, na voz, na ginga
Gravadora de Zeca Pagodinho lança nacionalmente cantora de Brasília
Luis Turiba
A cantora de samba Dhi Ribeiro, novo fenômeno musical de Brasília, será lançada nacionalmente no Programa do Faustão do próximo dia 26 de julho.
Na sexta, 24, ela autografa seu CD "Manual da Mulher" na Livraria Cultura, do Casa Park.
Dhi gravou no início deste ano um CD pela Universal, gravadora do Zeca Pagodinho, que será lançado junto com seu nome para os 70 milhões de telespectadores do Faustão. A previsão é que ela ocupe pelo menos 20 minutos do programa, com muitas pessoas dando depoimentos sobre esta cantora que encanta e envolve quem a ouve. Recentemente, Dhi se apresentou no Clube do Choro, onde cantou a música carro-chefe do seu CD, "Para consumo da casa", e como sempre agradou a todos.
Força do samba O samba – graças a Deus! - se transformou no melhor e mais genuíno produto da cultura brasileira. Seu ritmo cadenciado e sincopado ultrapassou as fronteiras do Rio de Janeiro, onde se desenvolveu, esparramando-se pelo Brasil afora e pela principais capitais do mundo. O samba é hoje um dos nossos principais produtos de exportação – e quem exporta cultura firma no exterior o jeito único e cativo de ser do povo brasileiro. Então, quando surge e se consolidar uma nova voz no samba, é motivo para se soltar fogos, fazer festa e, principalmente, se cantar samba da melhor qualidade.É o caso da cantora bahiana-brasiliense Dhi Ribeiro, que lança nacionalmente no mês de maio, pela Universal Music Corporation (a gravadora do Zeca Pagodinho) seu primeiro CD solo, intitulado “Meu Samba é Assim”.
“Cantar é o maior presente que Deus pode dar a um ser humano. Por isso, não me sinto envaidecida e sim privilegiada por ter recebido o divino dom musical da voz”, diz nossa estrela. Há cinco meses Dhi (com agá porque não quer esquecer as origens bahianas) trabalha firme e forte neste projeto. Para escolher seu primeiro repertório, ouviu quase 200 músicas.
Escolheu algumas pérolas dos nossos melhores compositores de samba de raiz, como Noca da Portela, Jorge Aragão, Luiz Carlos da Vila, Moacyr Luz, Toninho Geraes, Serginho Meriti, Roberto Serrão. A direção ficou por conta de Daniel Silveira e a produção musical do maestro Rildo Hora. A gravação foi no “CIA dos Técnicos”, o mais sofisticado estúdios do Rio de Janeiro. No entanto, o que carimba o passaporte para o sucesso desta bahiana de quase um metro e oitenta, cor de canela dos trópicos e um carisma estilo Ivete Sangalo, é realmente sua voz e sua maneira de cantar.
Boto fé -
Freqüento os sambas brasilienses há anos e, desde que vi pela primeira vez uma apresentação da Dhi ainda na banda “Coisa Nossa”, fiquei hipnotizado pela sua levada brasileiríssima e a potência de sua voz. De Brasília, ela não gravou muita gente. Afinal, a capital do samba é mesmo o Rio de Janeiro. Mesmo assim, seu CD terá um samba de Jr. Do Cavaco, sambista brasiliense já falecido. Por intermédio desta gravação, ele presta sua homenagem a todos os amantes do samba da capital brasileira.Junto com o CD, Dhy Ribeiro lança um clip onde é acompanhada por músicos brasilienses sob a direção de Evandro Barcellos.O samba brasileiro vive realmente um momento de real grandeza, com novas vozes, novas composições, novas levadas. E Brasília, dá sua luxuosa contribuição a este processo com o voz de Dhi Ribeiro.
Todo axé e sucesso para ela nesta jornada que só está começando!

14 comentários:

leonel disse...

ARREPIEI QUANDO VI AQUELA NEGRA LINDA NO PALCO DO FAUSTÃO E QUANDO OUVI A VOZ DELA AÍ SIM ENTENDI O PORQUE DO ARREPIO!!!
ELI LEONEL
SAMAMBAIA-DF

michelle_bianca disse...

Tive a grande oportunidade de assistir o belissimo show desta negra maravilhosa, que voz.

Anônimo disse...

A_silvino,

A dhy tem uma voz e uma simpatia inconfundivel, assitir ao show na sala martins pena do teatro nacional é fiquei deslumbrado com a sua voz e presença de palco. Uma artista completa, sem comentários.

vanusa disse...

ela tem tudo pra ser a dona do samba di ribeiro e maravilhosa ouvir a primeira no aniversario da jk fm em brasilia em 2009 fiquei de boca aberta e o samba dela gente o que e aquilo e nota 10 tudo de bom pra vc e muito sucesso linda.

regina disse...

Além de linda tem uma voz maravilhosa, esta veio pra ficar, tem muito talento.

Anônimo disse...

nossa ela foi pessimaaaaa na entrevista no jô... meu deus o que era aquilo, umhistorico nada a ver uma historia forçada vai pra merda...ainda quer ser sambista... acorda

Daisy disse...

Que isso, é mta inveja ne.
Eu vi a Dhi no Jô, ela foi fantástica.
Uma potência de voz absurda. Uma história de guerreira, alem de ser bela.
Sucesso imenso p vc Dhi.
Arrebente com seu cd e com os próximos q virão. E mate de inveja àqueles q nunca poderão ter a sua voz.

Anônimo disse...

Conheci a Dhi qdo ela estava iniciando sua carreira de modelo. E avida dela é isso mesmo... de luta e garra!!
Um bjo grade para ela e toda a familia!

Anônimo disse...

Meu Deus que mulher mais linda!!!!!!! Tá de parabéns Dhi, você é maravilhosa!! sua voz me arrepia toda vez q eu te escuto,Ah e sua música faz parte da minha vida,sempre falo pro meu namorado brincando "esse garoto tem dona" ele adora!!!! bjuxxxxx que papi do céu te ilumine sempre.

ivanete disse...

GENTE EU CONHECI A DHI NO JÔ, ESTOU ATÉ AGORA ENCANTADA COM A VOZ DELA.LINDAAAAAAAAAAA
É DE NEGRAS COMO VC QUE PRECISAMOS PRA NOS REPRESENTAR DHI.PARABÉNS E MUITA LUZ PRA VC.

Bebete disse...

Eu a assisti no Jô fiquei toda arrepiada!!!! Dhi é pura emoção!!! Um grande presente para nós apreciadores da boa música e de grandes intérpretes!!

Batista disse...

Uma grande voz, uma presença de palco impressionante...Agradecer é o minimo...Obrigado Dhi Ribeiro!

Andy disse...

eu tive o prazer de conversa com a Di pelo celular do meu marido que leva ela pra la e pra ca quando ela esta no Rio!ele é motorista de taxi oficial para levar ela pra onde ela queizer ir te amo Di...bjus

Anônimo disse...

Essa Dhi Ribeiro é a cópia da Alcione... como ninguem vê isso...